06:16 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    166
    Nos siga no

    Tanques israelenses destruíram postos de observação do Hamas em retaliação ao lançamento de projéteis incendiários de Gaza e aos distúrbios na fronteira.

    Oficiais do ministério da Defesa de Israel acreditam que os incidentes nas últimas semanas são parte de uma tentativa do Hamas de pressionar Tel Aviv a honrar seus compromissos.

    Hamas e governo israelense chegaram a uma série de acordos, inclusive sobre abastecimento de combustível, que não foi cumprido nas últimas semanas e a única usina elétrica de Gaza pode ficar sem possibilidade de gerar energia.

    As forças navais israelenses também restauraram o bloqueio da costa de Gaza, proibindo os barcos palestinos de pescar. Israel decidiu restabelecer o bloqueio em resposta ao lançamento de projéteis incendiários a partir do enclave palestino.

    Isso provocou uma reação ainda maior dos palestinos, seguida por ataques retaliatórios de Israel. No entanto, Hamas tem evitado o uso de armas de fogo até o momento, o que, segundo autoridades israelenses, reflete o desejo de chamar a atenção do mundo para esta situação, mas manter a tensão baixa.

    O grupo palestino também está negociando com Egito para que facilite a passagem de pessoas e de bens pela fronteira de Rafah com Gaza, informou o site local Haaretz.

    Espera-se que oficiais de defesa egípcios visitem a Faixa de Gaza em breve, em uma tentativa de evitar outra escalada de confrontos com Israel.

    Mais:

    Foguetes são lançados contra Israel vindos da Faixa de Gaza
    Israel dispara contra alvos do Hamas em Gaza em resposta a lançamento de foguete, dizem FDI
    VÍDEO mostra ofensiva israelense contra alvos do Hamas em Gaza
    Tags:
    Hamas, Israel, Faixa de Gaza
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar