23:56 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2492
    Nos siga no

    O Ministério de Defesa da Rússia anunciou nesta quinta-feira (27) que a Defesa Aérea da Síria derrubou um drone turco que estava preparado para realizar ataques contra forças do governo sírio em Idlib.

    Segundo a pasta, a aeronave invadiu o espaço aéreo sírio e realizaria um bombardeio em Maarzaf, na província de Idlib, no norte da Síria. 

    O presidente da Turquia, Recep Tayyp Erdogan, por sua vez, disse hoje que a situação na região está pendendo para o lado de Ancara, apesar da morte de três soldados turcos. 

    O diretor do Centro Russo de Reconciliação na Síria, contra-almirante Oleg Zhuravlev, afirmou que a Turquia permanece desrespeitando os acordos estabelecidos com Moscou para a área de desescalada de tensão no norte da Síria.

    'Em violação aos acordos de Sochi'

    "Em violação aos acordos de Sochi, o lado turco continua a apoiar ações de grupos armados ilegais na zona de desescalada de Idlib por fogo de artilharia e uso de drones de reconhecimento e bombardeio em ataques contra unidades das Forças Armadas sírias", afirmou. 

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse que a falha de Ancara em cumprir com os acordos estabelecidos entre os países em Sochi, em 2018, é o motivo para rápida deterioração da situação em Idlib. Apesar das diferenças, Rússia e Turquia continuaram a discutir a questão nesta quinta-feira. 

    No início de fevereiro, o chanceler russo afirmou que a Turquia não sabe distinguir entre a oposição armada que opera na província, mas que estaria disposta a dialogar com o governo sírio, e terroristas. 

    Erdogan, por seu lado, insiste que as conversas com Moscou não trouxeram resultados satisfatórios para Ancara. Ele também pede para a Rússia exercer pressão no presidente sírio, Bashar Assad, para que interrompa operações em Idlib e se mantenha distante de postos de observação turcos na região. 

    A situação em Idlib vem piorando desde o início de fevereiro, com enfrentamentos entre o Exército sírio e militantes que violam o regime de cessar-fogo e atacam posições do governo. 

    Mais:

    Síria realiza 1º voo comercial entre Damasco e Aleppo desde 2013 (FOTOS)
    Ofensiva militar turca na província de Idlib será vista como invasão, advertem na Síria
    'Cenário de 3ª Guerra Mundial': Turquia pode levar EUA e Rússia a um confronto na Síria?
    Defesa Aérea da Síria ataca 'alvos hostis' próximos a Damasco (VÍDEOS)
    Medidas de prevenção de conflitos Rússia-EUA na Síria são eficazes, diz vice-chanceler russo
    Veículo militar dos EUA empurra blindado russo em estrada na Síria (VÍDEO)
    Tags:
    bombardeio, ataques, drone, conflito, guerra, Ancara, Rússia, Idlib, Recep Tayyip Erdogan, Sergei Lavrov, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar