04:06 17 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    270
    Nos siga no

    A chanceler alemã, Angela Merkel, expressou esperança de que a conferência sobre a Líbia, realizada em Berlim neste domingo (19), irá trazer um cessar-fogo duradouro ao país africano.

    "Espero que, após a conferência de hoje [domingo], exista uma chance de que o cessar-fogo seja realizado", disse Merkel em coletiva de imprensa.

    A declaração final do evento conta com "recomendações e sugestões sobre como superar a atual crise da Líbia" e também com "um capítulo focado nos esforços de segurança, incluindo a necessidade de tentar tornar o cessar-fogo sustentável", disse o ministro interino das Relações Exteriores da Rússia, Servei Lavrov.

    A conferência de Berlim ocorre após as negociações entre os dois grupos políticos da Líbia realizada em Moscou no dia 13 de janeiro. O diálogo foi mediado pela Rússia e pela Turquia e reuniu o Governo do Acordo Nacional, do primeiro-ministro Fayez al-Sarraj, e o Exército Nacional Líbio, comandado por Khalifa Haftar.

    Lavrov afirmou que a conferência realizada em Berlim é resultado dos esforços russos.

    "Está claro que, no final, caberá aos líbios decidir. Está claro que até agora as tentativas de estabelecer um diálogo sustentável e sério entre eles falharam - uma diferença muito grande nas posições. No entanto, as recomendações descritas no documento final da conferência de Berlim, somam-se ao banco de ideias que a comunidade internacional oferece aos lados da Líbia para que eles possam concordar com as circunstâncias favoráveis ​​à retomada do diálogo", disse Lavrov.

    Mais:

    Khalifa Haftar agradece a Putin por esforços da Rússia para resolver crise líbia
    Forças turcas chegam à Líbia para apoiar Governo do Acordo Nacional
    Erdogan pede suporte europeu às tropas turcas na Líbia
    Conflito na Líbia: Berlim recebe líderes de peso para concluir diálogo iniciado por Moscou e Ancara
    Parlamento do Leste da Líbia 'não irá ceder' e aceitar forças da Turquia no país, diz porta-voz
    Tags:
    Líbia, Sergei Lavrov, Angela Merkel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar