03:31 06 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6516
    Nos siga no

    Os manifestantes fizeram uma breve tentativa de invasão da embaixada, em protesto contra a recente intervenção ativa dos EUA no país e na região. Guardas norte-americanos repeliram os manifestantes a partir do telhado da embaixada.

    Tropas norte-americanas em Bagdá, Iraque, dispararam gás lacrimogêneo contra manifestantes frente à embaixada dos EUA na terça-feira (31), um dia depois de milhares de manifestantes terem tentado invadir o local, informa a agência AP. 

    Os manifestantes, junto com milícias xiitas iraquianas, arrombaram uma das portas principais e pegaram fogo a uma das áreas de recepção, "um dos maiores ataques à embaixada em memória recente", segundo a fonte.

    Em seguida, soldados norte-americanos no telhado do edifício principal da embaixada apontaram armas aos manifestantes. Os guardas norte-americanos dispararam gás lacrimogêneo, levantando fumaça sobre a área da embaixada. Um homem em alto-falante exortou a multidão a se manter fora do recinto, dizendo: "A mensagem foi entregue".

    O ataque vem em meio à morte por drones de 25 combatentes do Hezbollah no Iraque e também na Síria na semana passada, em retaliação a um ataque contra uma base da coalizão norte-americana perto de Kirkuk, com Washington culpando a milícia iraniana pelo ataque. No entanto, Teerã negou qualquer envolvimento, chamando os ataques subsequentes dos EUA de atos de "terrorismo".

    Mais:

    EUA vão enviar forças adicionais ao Iraque para proteger embaixada em Bagdá
    EUA enviam 750 militares ao Oriente Médio após ataque na embaixada de Bagdá
    Manifestantes invadem embaixada dos EUA no Iraque (VÍDEO)
    Tags:
    embaixada, Iraque, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar