07:05 03 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    527
    Nos siga no

    O secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, declarou nesta terça-feira (31) que foi autorizado o envio imediato de forças adicionais ao Oriente Médio.

    De acordo com o secretário de Defesa, Mark Esper, a autorização do envio das tropas adicionais veio após o "aumento nos níveis de ameaça" contra o corpo diplomático norte-americano.

    Aproximadamente 750 soldados serão destacados para a região imediatamente e efetivos adicionais das Forças de Reação Inicial (IRF) estão preparados para serem destacados dentro dos próximos dias. Este destacamento é uma ação apropriada e preventiva tomada em resposta ao aumento dos níveis de ameaça contra o pessoal dos EUA

    Nesta terça-feira (31), manifestantes iraquianos incendiaram a cerca externa da Embaixada dos EUA na capital de Bagdá em resposta a ataques aéreos norte-americanos contra a milícia iraquiana xiita Kata'ib Hezbollah. As autoridades norte-americanas rapidamente acusaram o Irã de orquestrar a ação.

    O Ministério das Relações Exteriores do Irã rejeitou as acusações dos EUA, classificando-as como "vazias" e pediu a Washington que abandone suas "políticas destrutivas" no Oriente Médio.

    Pelo menos 5.000 soldados estão atualmente implantados no Iraque, ajudando as forças de segurança de Bagdá. De acordo com informações publicadas pela Fox News, as forças dos EUA na região somam cerca de 60.000.

    Mais:

    Irã classifica ataques dos EUA no Iraque como 'claro exemplo de terrorismo'
    Manifestantes invadem embaixada dos EUA no Iraque (VÍDEO)
    EUA vão enviar forças adicionais ao Iraque para proteger embaixada em Bagdá
    Tags:
    embaixada, soldados, tropas, Iraque, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar