06:30 21 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9257
    Nos siga no

    É inaceitável que as Forças Aéreas de Israel entrem no espaço aéreo do Líbano para lançar um ataque contra a Síria, disse o ministro da Defesa libanês Elias Bou Saab.

    Na noite de 22 de dezembro, uma fonte do Aeroporto Internacional de Beirute revelou à Sputnik que, no momento do ataque à Síria, os aviões da Força Aérea de Israel estavam no espaço aéreo libanês "na área de Sidon e Jezzine".

    "Soube do relatório do exército sobre a incursão do inimigo israelense no espaço aéreo do Líbano para atacar a Síria. Essa agressão flagrante e inadmissível deve ser condenada", disse o ministro em sua conta no Twitter.

    O funcionário pediu para a comunidade internacional que tomasse medidas "para combater essas agressões repetidas contra a soberania do Líbano".

    Israel já usou o espaço aéreo libanês várias vezes para atacar instalações sírias nas províncias de Damasco, Homs e Latakia.

    O Líbano não possui sistemas de defesa aérea e, portanto, não pode controlar seu espaço aéreo por conta própria.

    Mais:

    Drone israelense teria sido derrubado no sul do Líbano
    Rússia é contra interferência externa no Líbano e Iraque, diz chanceler
    Apesar da cooperação contra terrorismo, imagem de Israel está manchada, afirma ex-diretor da Mossad
    Defesa aérea síria repele bombardeio contra Damasco
    Tags:
    violação de espaço aéreo, espaço aéreo, Síria, Israel, Líbano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar