07:45 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    134
    Nos siga no

    O ataque aconteceu na região oeste do país, próximo da fronteira com o Mali, segundo uma fonte anônima afirmou à agência AFP.

    De acordo com o que publicou a agência, 60 pessoas morreram no ataque a um posto militar no país nesta quarta-feira (11). Na segunda-feira (9), o ministro da Defesa do país disse que três soldados e 14 pessoas do grupo que atacou o posto militar morreram.

    "Os terroristas bombardearam o posto com bombas e morteiros. As explosões de munição e combustível foram causadas devido ao intenso ataque", disse a fonte.

    Ainda segundo informações da agência, a fonte não apontou responsáveis pelo ataque. A região, porém, é marcada por confrontos entre o governo local e o Boko Haram, ao sul, e contra o Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia) a oeste, próximo da fronteira com o Mali.

    Em julho deste ano, uma facção do Boko Haram, apoiada pelo Daesh, assumiu a responsabilidade por um ataque e um outro posto militar. O incidente custou a vida de 18 soldados.

    O Níger faz parte da força-tarefa anti-jihad G5, criada em 2014 ao lado de Mali, Burkina Faso, Chade e Mauritânia.

    Mais:

    Combate ao terrorismo deve ser uma das prioridades do BRICS, dizem líderes dos países
    Boko Haram faz emboscada e mata 25 pessoas na Nigéria
    Militares russos entram pela 1ª vez na antiga 'capital' do Daesh
    Tags:
    Níger, Boko Haram, Mali, Daesh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar