15:33 17 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4212
    Nos siga no

    Os aviões de combate russos realizaram no domingo (24) um patrulhamento aéreo ao longo de várias rotas na região norte da Síria. As patrulhas fazem parte de um acordo firmado com a Turquia para a região.

    Tais atividades são parte do acordo entre Rússia e Turquia sobre o norte da Síria, disse o comandante do Centro Russo de Reconciliação síria.

    "As aeronaves de combate russas realizaram patrulhamento aéreo nas rotas Kuweires-Metras-Kharab Bal-Kobane-Kuweires", disse o major-general Yuri Borenkov em um briefing diário. Borenkov não especificou os tipos de aeronaves envolvidas na patrulha.

    Após conversas entre o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente da Turquia, Recep Tayyip, um memorando russo-turco foi assinado em 22 de outubro na cidade russa de Sochi, estipulando condições para a retirada pacífica da milícia curda na Síria para uma distância de 30 quilômetros da fronteira com a Turquia.

    O documento de 10 pontos prevê uma variedade de missões de patrulha realizadas pelo contingente militar russo na Síria, guardas de fronteira sírios e tropas turcas, a fim de garantir a implementação do acordo.

    O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, disse em 29 de outubro que a retirada de unidades da milícia curda da zona de segurança no nordeste da Síria havia sido concluída com antecedência.

    Mais:

    VÍDEO mostra militares russos desembarcando em antiga base americana na Síria
    Rússia e Turquia iniciam 2ª rodada de patrulhas na fronteira síria (VÍDEO)
    Exército de Israel confirma ataque aéreo maciço contra alvos na Síria
    Turquia nunca usou armas químicas contra curdos em operação na Síria, diz ministro
    Tags:
    Sergei Shoigu, Vladimir Putin, Recep Tayyip Erdogan, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar