12:31 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Hassan Rouhani

    Rouhani acusa EUA e Israel por protestos no Irã

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    385
    Nos siga no

    Os recentes protestos no Irã foram organizados pelos Estados Unidos e Israel com o objetivo de prejudicar a segurança nacional iraniana, disse o presidente do país, Hassan Rouhani.

    A declaração de Rouhani aconteceu nesta quarta-feira (20). O líder iraniano acrescentou que nenhum dos países teve sucesso em suas tentativas.

    "O número de pessoas que saíram às ruas foi determinado e constatou-se que apenas alguns hooligans estavam entre eles; mas os hooligans estavam bem organizados e armados, agindo em nome dos reacionários regionais, sionistas e americanos", disse Rouhani conforme citado pelo site oficial do governo iraniano.

    O presidente acrescentou que, enquanto os distúrbios visavam minar a segurança nacional do Irã, o povo iraniano conseguiu resistir à ameaça.

    "Hoje, quero agradecer à grande nação iraniana por sua vigilância e me curvar diante deles por causa de sua paciência e pontualidade. O povo do Irã passou por outro teste histórico e provou que, apesar dos problemas econômicos e do descontentamento que possam ter com a administração do país, eles nunca permitirão que os inimigos aproveitem a situação", disse Rouhani.

    De acordo com vários relatos da mídia iraniana, as autoridades do país prenderam 1.000 pessoas por tumultos e atos de vandalismo durante protestos relacionados ao aumento dos preços da gasolina ao longo da semana passada. O número total de manifestantes chegou a 87.400. Várias pessoas, incluindo policiais, morreram durante os protestos.

    Mais:

    Protestos no Irã: o aumento no preço dos combustíveis pode levar a uma nova revolução?
    Irã tem 'a maior força de mísseis do Oriente Médio', afirma relatório do Pentágono
    Irã quer S-400, tanques T-90, aviões Su-30 e Yak-130, diz Pentágono
    Arábia Saudita acusa Irã pelo 'caos' na região
    Tags:
    Hassan Rouhani, Estados Unidos, Israel, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar