09:50 15 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Avião da Força Aérea síria na base aérea da Síria na província de Homs, Síria, 21 de fevereiro de 2016

    Força Aérea da Síria realiza ataque a comboio militar turco em Idlib, segundo mídia

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9491
    Nos siga no

    A Força Aérea da Síria lançou um ataque aéreo contra um comboio militar da Turquia na província de Idlib, informou o DHA turco nesta segunda-feira (19).

    Segundo a agência, o comboio militar turco estava se deslocando na zona de Khan Shaykhun entre os postos de observação turcos para controle da zona de desescalada. Não foram relatadas perdas.

    Anteriormente, um canal de televisão estatal sírio, citando o Ministério das Relações Exteriores da Síria, noticiou que veículos blindados turcos estavam se deslocando rumo a Khan Shaykhun, onde o Exército da Síria vem combatendo militantes.

    Violação da fronteira

    Mais cedo, foi noticiado que um comboio do Exército turco teria entrado na cidade síria de Saraqib, localizada na província de Idlib, no noroeste do país.

    O Ministério das Relações Exteriores sírio declarou na segunda-feira (19) que veículos blindados turcos estavam indo em direção à cidade síria de Khan Shaykhun, na província de Idlib, onde as forças do governo lutam contra terroristas, de acordo com o canal estatal Syria TV.

    "Veículos blindados turcos com munições violaram a fronteira síria e entraram na cidade de Saraqib, eles estão se movendo na direção de Khan Shaykhun", comunicou o canal sírio, citando o Ministério das Relações Exteriores da Síria.

    Anteriormente, uma fonte da Sputnik no local relatou que os militares sírios passaram a controlar um posto de controle na periferia noroeste de Khan Shaykhun, uma cidade controlada por militantes.

    Reação de Ancara

    Ministério da Defesa da Turquia condenou o ataque aéreo ao seu comboio, chamando-o de contraditório aos acordos de Ancara e Moscou sobre a Síria.

    "Ancara condena veementemente o ataque ao comboio das Forças Armadas turcas na 'zona de desescalada', o que é contraditório aos acordos e à essência de cooperação com a Rússia sobre a Síria", enfatiza a declaração do Ministério da Defesa turco, citado pela agência Anadolu.

    De acordo com a Turquia, o ataque resultou na morte de três sírios e no ferimento de outros 12. Não se sabe se houve perdas no Exército turco.

    Acordo de cessar-fogo

    Depois das negociações sobre a Síria em Nursultan, um "cessar-fogo" entrou em vigor em Idlib no dia 2 de agosto. O Comando das Forças Armadas da Síria afirmou estar comprometido com a suspensão de combates caso a Turquia cumpra suas obrigações do tratado turco-russo de setembro de 2018.

    O ponto principal do cessar-fogo correspondia à retirada de armamento pesado e médio dos militantes a 20 quilômetros da zona desmilitarizada de Idlib.

    Três dias mais tarde, no dia 5 de agosto, o Exército sírio retomou a operação devido ao descumprimento das condições dos grupos de militantes, que, se aproveitando da trégua, tentaram atacar as posições do Exército sírio na província de Hama, no norte do país, e abriram repetidamente fogo sobre zonas residenciais.

    Mais:

    Turquia realiza ataque contra Síria
    Turquia envia reforços militares à fronteira com a Síria
    Turquia ameaça realizar nova operação na Síria se não chegar a um acordo com os EUA
    Tags:
    reforço, veículos militares, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar