21:27 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Helicóptero MH-60S voa enquanto o navio USS John C. Stennis chega ao Golfo através do estreito de Ormuz, 21 de dezembro de 2018 (imagem de arquivo)

    Alemanha não descarta missão europeia de segurança no Golfo Pérsico

    © REUTERS / Hamad I Mohammed
    Oriente Médio e África
    URL curta
    632
    Nos siga no

    O vice-porta-voz do governo alemão, Ultrike Demmer, disse nesta quarta-feira (30) que a Alemanha não descarta participar de uma missão naval de segurança europeia no estreito de Ormuz.

    O Reino Unido conclamou uma missão europeia com o objetivo de garantir a segurança comercial de navios no estreito que é a porta de entrada e saída do Golfo Pérsico. A região concentra um terço de todo o transporte marítimo de petróleo do mundo.

    A missão proposta pelo britânicos é uma resposta aos iranianos devido á apreensão de um petroleiro de bandeira britânica na região, o Stena Impero.

    "Em princípio, o governo considera que ainda vale a menção da proposta de uma missão naval de proteção, e está em contato com os parceiros europeus, França e Reino Unido, principalmente", afirmou Demmer a repórteres.

    De acordo com a imprensa, os EUA oficialmente propuseram nesta semana que a Alemanha se juntasse a uma coalizão norte-americana também o o objetivo de garantir a navegação comercial na região.

    Apesar disso, os alemães afirmaram que não farão parte da campanha de "pressão máxima" que Washington exerce sobre o Irã.

    A Alemanha tem mantido uma postura crítica à política dos EUA em relação ao Irã após a saída unilateral de Washington, em 2018, do Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), o acordo nuclear iraniano.

    Os signatários europeus do tratado de 2015 tem afirmado que querem manter o acordo.

    Mais:

    Exército indiano repensa compra de drones dos EUA após incidente no estreito de Ormuz
    Coreia do Sul pode vir a enviar navio de guerra ao estreito de Ormuz após pedido dos EUA
    EUA garantirão liberdade de navegação no estreito de Ormuz, promete Pompeo
    UE não participa da coalizão dos EUA no estreito de Ormuz
    Tags:
    Golfo Pérsico, Estreito de Ormuz, Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), Irã, França, Reino Unido, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar