04:25 26 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    O chanceler saudita, Adel al-Jubeir, foi filmado durante a entrevista que concedeu à agÊncia AFP em 16 de fevereiro de 2016

    Arábia Saudita pede 'contenção' do Irã para garantir livre navegação

    © AFP 2019 / FAYEZ NURELDINE
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1315

    O ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita, Adel al-Jubeir, declarou que a comunidade internacional deve conter o Irã para garantir a livre navegação no golfo Pérsico.

    No dia 19 de julho, o Corpo Guardião da Revolução Islâmica Iraniana relatou a apreensão do petroleiro britânico, Stena Impero, no estreito de Ormuz, por suposta violação das normas internacionais.

    "Qualquer ataque à liberdade de navegação é uma violação da lei internacional, e o Irã deve perceber que seus atos de interceptação de navios, incluindo o mais recente da nave britânica, são completamente inaceitáveis. A comunidade mundial deve agir para conter tal comportamento", disse al-Jubeir em sua conta no Twitter.

    A bordo do navio, que navegava sob a bandeira britânica, estão 23 tripulantes, incluindo três cidadãos russos, além de nacionais da Índia, da Letônia e das Filipinas.

    As autoridades iranianas asseguraram à embaixada russa em Teerã que a tripulação do navio, agora ancorada no porto de Bandar Abbas, está sã e salva.

    O presidente do Parlamento do Irã, Ali Larijani, reconheceu em 21 de julho que o Stena Impero foi apreendido em retaliação à apreensão do petroleiro iraniano Grace 1 no estreito de Gibraltar.

    Mais:

    Chanceler do Irã chama sanções dos EUA de 'terrorismo econômico'
    Em carta à ONU, Reino Unido pede que Irã libere petroleiro britânico
    Pentágono adverte sobre alto risco de 'conflito não intencional' com Irã
    OTAN pede ao Irã para libertar navios com a bandeira do Reino Unido
    Tags:
    Adel al-Jubeir, Arábia Saudita, Irã, Golfo Pérsico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar