02:39 19 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Egyptian President Abdel Fattah al-Sisi

    Presidente do Egito prorroga estado de emergência por mais 3 meses

    © REUTERS / The Egyptian Presidency
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 20

    O presidente do Egito, Abdul Fatah Al-Sisi, assinou um decreto para prorrogar o estado de emergência do país por mais três meses, informou a mídia local.

    A decisão presidencial foi supostamente apoiada pelo parlamento do país e entrará em vigor a partir de quinta-feira.

    O decreto observa que as forças armadas e a polícia devem fazer todo o possível para combater o terrorismo e as fontes financeiras do terrorismo, além de proteger vidas e propriedades, informou a agência de notícias MENA neste domingo.

    O estado de emergência foi declarado no Egito em abril de 2017, depois que ataques terroristas contra igrejas cristãs nas cidades de Tanta e Alexandria mataram mais de 50 e feriram 100.

    Os insurgentes islâmicos há muito tempo visam as forças de segurança no Egito, particularmente na península do Sinai. O Egito vem realizando uma operação maciça de segurança no norte do Sinai há mais de um ano para eliminar grupos armados, eliminando e prendendo centenas de pessoas.

    Mais recentemente, na quinta-feira, um homem-bomba matou um soldado em um ataque às forças de segurança no norte do Sinai. Um homem vestindo um cinto explosivo se aproximou das forças de segurança nas proximidades de um estacionamento na cidade de Sheikh Zuweid, e as tropas abriram fogo. O ataque foi assumido pelo grupo terrorista Daesh.

    O norte do Sinai tem sido, desde 2011, palco do conflito entre combatentes islâmicos e as forças de segurança egípcias.

    No fim de semana, as empresas aéreas British Airways e Lufthansa suspenderam voos para Cairo.

    Mais:

    Lufthansa suspende voos para Cairo por razões de segurança
    Egito condena ataque houthi aos aeroportos sauditas
    Mídia: explosão abala ônibus com turistas perto das pirâmides de Gizé no Egito (IMAGENS FORTES)
    Tags:
    terrorismo, Abdel Fatah al-Sisi, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar