16:47 25 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    A polícia do Kuwait deteve um homem de 22 anos que ameaçou explodir o consulado egípcio em Doha e se matar, depois de ter sido impedido de entrar para a missão diplomática, informou a mídia local na quarta-feira.

    De acordo com o jornal Al-Rai, após a recusa em mostrar sua identidade, o jovem kuwaitiano ficou irritado porque os seguranças não permitiram que ele entrasse no consulado para processar certos documentos.

    O homem ameaçou explodir o prédio, pegou uma faca e tentou esfaquear um dos guardas. Ele também ameaçou se matar.

    Após sua detenção, o homem exigiu que uma investigação fosse lançada contra um dos guardas do consulado sobre o uso da força.

    Após o incidente, o assistente do Ministério do Exterior do Kuwait para questões de protocolo contatou o embaixador egípcio, assegurando-lhe que as autoridades do Kuwait tomarão todas as medidas necessárias na sequência do incidente e aumentar a segurança em torno do consulado, segundo o jornal.

    Mais:

    Explosão de carro-bomba deixa vários mortos na Síria
    Mídia revela potência da última bomba testada pela Coreia do Norte
    Inteligência de Israel: Irã não obterá bomba nuclear mesmo saindo de acordo nuclear
    Tags:
    Kuwait
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar