00:57 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Os sistemas S-400

    Bloomberg revela 'recusa' da Rússia em vender sistemas S-400 ao Irã

    © Sputnik / Alexander Vilf
    Oriente Médio e África
    URL curta
    17528

    A Rússia se recusou a vender ao Irã sistemas de defesa antiaérea S-400, escreveu a Bloomberg, citando duas fontes.

    Segundo a agência, Moscou acredita que a venda possa acarretar aumento da tensão na região do Oriente Médio.

    "A reação da Rússia ao pedido do Irã reflete o equilíbrio delicado de poder no golfo Pérsico, onde um confronto está em formação entre a República Islâmica do Irã, de um lado, e os Estados Unidos e seus aliados árabes, do outro", escreve a publicação.

    Entretanto, não há confirmação oficial da informação. A compra de sistemas russos S-400 também foi discutida pela Argélia, Vietnã, Egito, Iraque, Qatar, Marrocos e Arábia Saudita.

    A Rússia fornece sistemas S-400 à China, tendo sido recentemente celebrados contratos com a Turquia e a Índia, o que causou descontentamento em Washington.

    Entretanto, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou não ter informação de que a Rússia teria alegadamente recusado fornecer sistemas de defesa antiaérea S-400 ao Irã.

    "Não tenho esta informação", disse Peskov a jornalistas. Ele espera que essa notícia seja cuidadosamente verificada. "Deve-se ter muito cuidado com a informação [recebida]", acrescentou o porta-voz do Kremlin.

    Vale destacar que uma fonte conhecedora da situação afirmou à Sputnik nesta sexta-feira (31) que Teerã e Moscou não estão atualmente discutindo o fornecimento de sistemas S-400. "A questão sobre fornecimento de S-400 não está na agenda das negociações entre Rússia e Irã", destacou a fonte.

    Mais:

    Pentágono pondera substituir Turquia no programa F-35 devido à compra dos S-400
    Militares turcos já estão na Rússia para aprender a operar S-400
    Erdogan propõe a Trump criação de grupo de trabalho sobre S-400 russos
    Tags:
    região, balanço, fornecimento, Rússia, Irã, S-400
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar