11:51 15 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Screenshot de um vídeo das Forças de Defesa de Israel mostrando interior de túnel do Hezbollah sob a Linha Azul que separa Israel do Líbano

    Forças israelenses publicam VÍDEO de 'túnel de ataque' do Hezbollah antes da demolição

    © Twitter screenshot
    Oriente Médio e África
    URL curta
    312
    Nos siga no

    As Forças de Defesa de Israel (IDF) publicaram imagens do interior de um enorme túnel escavado por militantes do grupo Hezbollah debaixo da fronteira israelo-libanesa.

    O vídeo gravado por soldados das IDF mostra o interior da passagem, que ostenta sistemas de eletricidade, ventilação e comunicações.

    Este foi o último túnel encontrado, em 13 de janeiro, durante a operação Escudo do Norte para expor e neutralizar as instalações subterrâneas fronteiriças construídas pelo grupo militante. É considerado o mais profundo e extenso de todos os seis descobertos desde dezembro de 2018.

    Inicialmente, foi relatado que o túnel teria sido escavado a uma profundidade de aproximadamente 55 metros e que se entendia por quase 790 metros, mas a instalação acabou sendo muito maior.

    Na quinta-feira (30), o jornal Times of Israel informou que a passagem se encontrava a 79 metros de profundidade e tinha 1.000 metros de comprimento.

    O túnel se inicia próximo à aldeia libanesa de Ramiya, perto de uma área que faz fronteira com Israel, e penetra 76 metros em território israelense, saindo à superfície perto das comunidades israelenses de Zarit e Shtula.

    ​Um olhar exclusivo dentro de um túnel de ataque do Hezbollah construído para matar famílias israelenses

    "Estamos neutralizando o principal túnel do grupo terrorista Hezbollah. Este é um túnel de ataque", disse o coronel Roi Levi, comandante da Brigada Regional Baram.

    Acredita-se que os túneis foram feitos com a intenção de lançar ataques furtivos em território israelense pelo Hezbollah - uma milícia xiita com grande presença no sul do Líbano.

    O Hezbollah disse em janeiro que a construção de alguns dos túneis começou antes da guerra de 2006 com Israel, o que significaria que eles não estavam violando a Resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que acabou com a guerra e assegura a manutenção da Linha Azul que separa o Líbano de Israel. 

    Já as forças israelenses alegam que o túnel teria levado anos para ser concluído, negando que a instalação seja muito antiga.

    Israel iniciou a operação Escudo do Norte no início de dezembro e encerrou a campanha em meados de janeiro, dizendo que privou o Hezbollah de capacidades ofensivas únicas, construídas durante anos como parte de seu ataque planejado ao território israelense.

    Mais:

    Forças de Defesa de Israel destroem 5º túnel do Hezbollah (VÍDEO)
    Forças de Defesa de Israel encontram 3° túnel do Hezbollah (FOTO)
    Israel descobre 4º túnel de ataque do Hezbollah escavado desde o Líbano (VÍDEO)
    Tags:
    Forças de Defesa de Israel, Hezbollah, túnel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar