07:52 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Exército sírio na província de Idlib

    Defesa russa: Exército sírio elimina mais de 150 terroristas na região de Idlib

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9200

    Segundo o Ministério da Defesa russo, terroristas da Frente al-Nusra (organização proibida na Rússia e em vários outros países) estão efetuando ataques maciços contra as tropas sírias, além de tentarem atacar a base russa de Hmeymim.

    Assim, de acordo com o ministério, nesta quarta-feira (22), terroristas lançaram 17 foguetes a partir na zona de desescalada de Idlib em direção à base de Hmeymim.

    "No dia 22 de maio, terroristas efetuaram 17 lançamentos de lança-foguetes da zona de desescalada de Idlib contra a base russa de Hmeymim. Oito mísseis lançados pelos terroristas não atingiram a base aérea. Os nove foguetes restantes de terroristas foram eliminados pelas forças de defesa antiaérea da Rússia", lê-se no comunicado do ministério.

    De acordo com o ministério, as tropas sírias eliminaram mais de 150 terroristas da Frente al-Nusra e vários equipamentos bélicos.

    O Ministério da Defesa russo apontou que, desde a noite de 21 de maio, os terroristas na zona estão efetuando ataques maciços contra as tropas sírias com o uso do equipamento militar.

    "No decorrer dos combates, as tropas sírias eliminaram mais de 150 terroristas do grupo Frente al-Nusra, três tanques, 24 caminhonetes equipadas com metralhadoras pesadas e dois carros-bomba", lê-se no comunicado. 

    O ministério detalhou que durante os últimos combates em Idlib, que foram iniciados na manhã de 22 de maio, as tropas sírias repeliram as três tentativas de avanço terrorista, que englobaram participação de 500 combatentes.

    Mais:

    Defesa russa: Grupo terrorista tentou forjar ataque químico em Aleppo, na Síria
    Defesa antiaérea russa repeliu ataque terrorista à base aérea de Hmeymim na Síria
    Defesa antiaérea da Síria intercepta mísseis israelenses, diz mídia
    Tags:
    terroristas, ataque, base aérea Hmeymim, Frente al-Nusra, Idlib, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar