06:51 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Um funcionário da companhia de petróleo saudita Aramco observa uma plataforma no campo de petróleo de al-Howta.

    Al Jazeera exibe imagens de satélite mostrando poços sauditas atacados por houthis

    © AP Photo / JOHN MOORE
    Oriente Médio e África
    URL curta
    260
    Nos siga no

    Duas instalações petrolíferas sauditas localizadas ao longo de um importante oleoduto foram atingidas em um ataque de drone na terça-feira, que levou Riad a fechar temporariamente o oleoduto e realizar ataques aéreos de retaliação em posições dos houthis no Iêmen.

    A emissora Al Jazeera, do Catar, compartilhou imagens de um satélite mostrando uma estação de petróleo saudita em um ataque de drones Houthi.

    De acordo com a Al Jazeera, as imagens foram tiradas durante ataque a uma estação de bombeamento Arábia Saudita localizada a cerca de 330 quilômetros a oeste da capital do reino, Riad.

    Uma análise de imagens mostra que o ataque gerou a vazão de petróleo bruto em uma área estimada de 1.000 metros quadrados.

    Autoridades ainda não comentaram as imagens, mas fontes ligadas ao governo saudita confirmaram na última terça-feira que a estação de bombeamento 9 também foi alvo dos ataques de drones. As estações se alongam ao longo do principal oleoduto leste-oeste, que se estendem por toda uma península desde o campo petrolífero de Abqaiq, no leste, até o terminal petrolífero de Yanbu, na costa do Mar Vermelho.

    Riad afirmou que os ataques foram ordenados pelo Irã e cumprido por militantes Houthi, que estão lutando contra a coalizão liderada pelos sauditas no Iêmen.

    O Irã rejeitou as acusações, enquanto os Houthis reivindicaram a responsabilidade pela operação. O ataque veio "em resposta às ações preexistentes e bloqueio de nossos povos e estão preparados para fazer os ataques mais únicos e duros", disse um oficial segundo a TV Almasirah.

    De acordo com a agência estatal IASD SABA, os rebeldes planejam atacar outros pontos estratégicos do reino, incluindo postos militares e locais estratégicos da Arábia Saudita e dos Emirados.

    Desde o início de 2015, forças do governo liderado pelo presidente Abdullah Mansur Hadi guerreiam com rebeldes do movimento Houthi. Os Houthis assumiram o controle de várias partes do país, o que resultou em uma operação liderada pela Arábia Saudita contra as ações do Houthi no Iêmen.

    Tags:
    Almasirah, IASD, Saba, Al Jazeera, Houthis, Emirados Árabes, Mar Vermelho, Iêmen, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar