04:01 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Míssil cruza o céu sobre Síria (imagem ilustrativa)

    Defesa antiaérea da Síria derruba mísseis disparados de Israel (VÍDEO)

    © AP Photo / Hassan Ammar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10333
    Nos siga no

    De acordo com a mídia estatal da Síria, a defesa antiaérea do país interceptou mísseis disparados de território controlado por Israel.

    A agência SANA afirmou nesta sexta-feira (17) que os sistemas de defesa antiaérea da Síria interceptou "objetos luminosos vindos de territórios ocupados, derrubando alguns deles".

    "Nossos sistemas de defesa antiaérea monitoraram alvos hostis que vieram da direção de Quneitra e os interceptaram", disse um oficial militar da Síria.

    Um vídeo gravado com celular em Damasco mostra o sistema antiaéreo interceptando ao menos um dos alvos. De acordo com a postagem, explosões foram ouvidas na região sudoeste da cidade, que é mais próxima de Israel.

    Um analista político relatou que aviões de guerra de Israel teriam tido como alvo dois locais pertencentes à Guarda Revolucionária do Irã. Os locais estariam na região sudoeste da capital da Síria.

    ​No mês passado, a Síria acusou Tel Aviv de realizar ataques aéreos contra bases militares em Masayef, na província síria de Hama. No mês anterior, sete militares iranianos foram mortos durantes um ataque aéreo israelense próximo do Aeroporto Internacional de Aleppo.

    Mais:

    Rússia: terroristas preparam provocação na Síria para acusar Moscou de ataque químico
    Militares russos mostram interior da base aérea de Hmeymim, na Síria (VÍDEO)
    Militares russos registram 5 violações do cessar-fogo na Síria nas últimas 24 horas
    Base aérea russa de Hmeymim, na Síria, sofre mais uma tentativa de ataque
    Defesa antiaérea russa derrubou todos os mísseis lançados contra base de Hmeymim na Síria
    Tags:
    Guerra da Síria, defesa antiaérea, SANA, Guarda Revolucionária do Irã, Hama, Irã, Síria, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar