21:45 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Bombardeiro estratégico americano B-52

    EUA enviam 4 bombardeiros B-52 ao Oriente Médio em resposta à 'possível ameaça' do Irã

    © AFP 2019 / EPA PHOTO/PA/TIM OCKENDEN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10123
    Nos siga no

    O Pentágono deslocou quatro bombardeiros nucleares estratégicos B-52 para o Oriente Médio em resposta ao que a Casa Branca descreveu como "uma possível ameaça por parte das forças do regime iraniano" contra os EUA e seus aliados na região.

    Dois desses bombardeiros estratégicos de longo alcance partiram na terça-feira (7) da base da Força Aérea americana em Barksdale, no estado da Louisiana, com destino ao Catar. Naquele país árabe, duas outras aeronaves do mesmo tipo irão se juntar ao grupo nas próximas semanas, informa o canal CBS, citando fontes anônimas do Pentágono.

    Este grupo de aviação subsônico será estacionado na sede do Comando Central dos EUA na base Aérea de Al-Udeid, perto da capital catarense, Doha.

    O deslocamento de aeronaves ocorre depois que o grupo de ataque de porta-aviões USS Abraham Lincoln partiu para o golfo Pérsico na segunda-feira (6). O assessor de segurança nacional dos EUA, John Bolton, anunciou, em 5 de maio, transferências de grupos militares estadunidenses para a região, afirmando também que seu país avança nesta ação em resposta a "uma série de indicadores e alertas preocupantes e crescentes" por parte do Irã.

    Apesar de Bolton insistir que os EUA "não estão buscando uma guerra com o regime iraniano", ele advertiu que o grupo naval que em breve chegará ao golfo Pérsico está "totalmente preparado para responder a qualquer ataque" de Teerã.

    Mais:

    Desprezo pelos EUA no Oriente Médio é o que torna o Irã um alvo, afirma chanceler iraniano
    'Blefe de cem mil toneladas'? Jornal alemão não vê porta-aviões americanos como ameaça para Irã
    WSJ: Irã planeja ofensiva contra forças dos EUA no Oriente Médio
    Ministro venezuelano revela como o Irã ajuda Caracas a superar sanções dos EUA
    Especialista revela como Irã pode se proteger de porta-aviões americanos
    Tags:
    ameaça, bombardeiros, porta-aviões, B-52, USS Abraham Lincoln, golfo Pérsico, Irã, Catar, Oriente Médio, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar