21:11 15 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Consequências dos ataques aéreos na cidade síria de Idlib

    Militantes preparam ataques químicos encenados na Síria, diz enviado da Rússia na ONU

    © REUTERS / Ammar Abdullah
    Oriente Médio e África
    URL curta
    414
    Nos siga no

    O representante permanente da Rússia na ONU, Vasily Nebenzya, declarou nesta quarta-feira (27) que militantes e Capacetes Brancos estavam preparando novos ataques químicos em Idlib, na Síria.

    O Idlib é uma das últimas áreas sírias em que militantes terroristas ainda estão ativos. Além disso, muitos militantes foram trazidos de outras regiões sob acordos com as autoridades.

    No início deste ano, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia informou que os Capacetes Brancos haviam implantado equipamentos em vários hospitais na província síria de Idlib para filmar ataques químicos de bandeiras falsas e culpar Damasco.

    Moscou e Damasco mencionaram em várias ocasiões que os Capacetes Brancos realizaram uma série de provocações na Síria envolvendo o uso de armas químicas para culpar o governo sírio e fornecer aos países ocidentais a justificativa para a intervenção na República Árabe.

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia declarou no ano passado que haviam evidências de que a organização Capacetes Brancos seria uma ramificação do grupo terrorista Frente al-Nusra (proibido na Rússia e em uma série de países). 

    Mais:

    EUA pretendem fornecer US$ 5 milhões para Capacetes Brancos na Síria
    Rússia tem evidências de que Capacetes Brancos são uma ramificação da Frente al-Nusra
    Propagando desgraças por bons preços: show dos Capacetes Brancos
    Moscou: Capacetes Brancos estão filmando ataque químico falso em Aleppo
    Tags:
    militantes, terrorismo, Capacetes Brancos, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar