04:23 20 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Hassan Rouhani.

    Irã está em guerra econômica e psicológica com os EUA, afirma Rouhani

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    980

    Os Estados Unidos estão travando uma guerra econômica e psicológica contra o Irã em uma tentativa de derrubar seu governo, declarou o presidente Hassan Rouhani, enquanto ele conclamava o povo iraniano a permanecer forte diante dessa agressão.

    "O Irã está em guerra econômica e psicológica com a América e seus aliados […] seu objetivo é mudar o regime", afirmou o mandatário iraniano durante um discurso de comício na província de Gilan, no norte do país.

    Rouhani acrescentou que "nossa nação e a liderança estão unidas contra nossos inimigos".

    A administração do presidente estadunidense Donald Trump fez pressão crescente sobre o Irã como prioridade de sua política externa. Washington retirou-se do acordo nuclear de 2015 com Teerã, apesar das objeções de outros signatários e tem torcido os braços de outros países para forçá-los a parar de fazer negócios com o Irã.

    Rouhani disse que os EUA estão impondo sanções econômicas ao Irã para incitar Teerã a se retirar do acordo nuclear, o que não aconteceu. Isso resultou no isolamento dos Estados Unidos no Conselho de Segurança da ONU, quando Trump pediu pessoalmente que as sanções fossem impostas ao Irã no ano passado.

    A Casa Branca está atualmente cheia de opositores ao Irã, como o secretário de Estado Mike Pompeo e o assessor de segurança nacional John Bolton. Washington está tentando forjar uma aliança regional anti-iraniana, que incluiria Israel e as monarquias do Golfo lideradas pela Arábia Saudita.

    No mês passado, eles se encontraram na Polônia para uma reunião de alto nível, que foi amplamente desprezada por pesos pesados europeus.

    Rouhani afirmou que o resultado do encontro, que estava muito longe do mundo se unindo atrás de Washington para lutar contra Teerã, foi outro golpe para a política dos EUA em relação ao Irã.

    O presidente iraniano reconheceu que os EUA conseguiram criar problemas no Irã com suas sanções e outras ações, e prometeu que seu governo trabalhará incansavelmente para resolvê-los ou mitigá-los, servindo aos interesses do povo iraniano.

    Mais:

    Premiê israelense: Irã é 'a maior ameaça à estabilidade e segurança' do Oriente Médio
    Irã apresenta produção em massa de drone de combate e sistemas de defesa
    Presença do Irã na Síria será tema central de encontro com Putin em Moscou, diz Netanyahu
    Tags:
    sanções, política, diplomacia, JCPOA, acordo nuclear, John Bolton, Mike Pompeo, Donald Trump, Hassan Rouhani, Arábia Saudita, Estados Unidos, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar