10:42 13 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Felix Tshisekedi, presidente do Congo.

    União Africana cancela envio de delegação ao Congo

    © AFP 2019 /
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    A União Africana adiou o envio de uma delegação à República Democrática do Congo em meio à crise criada pelas eleições presidenciais do país. A Corte Constitucional do Congo declarou Felix Tshisekedi como vencedor, disse uma porta-voz da União Africana neste domingo (20).

    "Tudo o que posso confirmar neste momento é que a viagem foi adiada. Vamos divulgar uma declaração em breve", disse Ebba Kalando, porta-voz do chefe da Comissão da União Africana, Chadian Moussa Faki.

    Em uma cúpula na quinta-feira, os líderes da UA citaram "sérias dúvidas" sobre os números das eleições e pediram que o anúncio dos resultados finais fosse adiado.

    A União Européia concordou com a avaliação da UA, disse uma porta-voz.

    Mas as 16 nações da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral parabenizaram Felix Tshisekedi, um antigo líder da oposição, por ter sido declarado presidente eleito e pediu por uma transferência pacífica do poder.

    A delegação do bloco africano estava prevista para chegar no Congo na segunda-feira (22).

    Mais:

    Candidato derrotado nas eleições do Congo denuncia fraude e pede recontagem
    Com resultado da eleição atrasado, aumenta a tensão no Congo
    Conselho de Segurança da ONU discute eleições no Congo
    Congo: policial e civil morrem em briga por suposta fraude eleitoral
    Tags:
    União Africana, Congo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar