10:21 24 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Reunião da Liga Árabe em Cairo, Egito.

    Cairo: Síria deve implementar várias medidas para retornar à Liga Árabe

    © AP Photo / Amr Nabil
    Oriente Médio e África
    URL curta
    412

    Damasco deve implementar uma série de medidas sobre a solução política da crise interna para restabelecer sua participação na Liga Árabe, disse nesta terça-feira o chanceler egípcio, Sameh Shoukry.

    "Acredito que o governo sírio deve tomar uma série de medidas que lhe permitam retornar à Liga Árabe", disse Sameh Shoukry em uma entrevista coletiva. Tais medidas incluem acordo político seguindo as resoluções do Conselho de Segurança da ONU, bem como o acordo sob os auspícios do enviado especial da ONU sobre a Síria em Genebra, completou ele.

    Bandeira dos países da Liga Árabe
    © REUTERS / Amr Abdallah Dalsh
    O chanceler egípcio também notou que não tem informações sobre a possível participação da Síria na próxima cúpula da Liga Árabe.

    "Tal decisão deve ser tomada pelo Conselho da Liga Árabe, e depois aprovada ao mais alto nível. A situação [sobre a reintegração da Síria na organização] permanece inalterada", acrescentou Shoukry.

    Uma fonte diplomática de um Estado-membro da organização disse à Sputnik na semana passada que a Liga Árabe estava preparando uma resolução que readmitiria a Síria ao bloco regional. O texto deve ser discutido já em fevereiro.

    O Líbano sediará a cúpula da liga em 19 e 20 de janeiro. Seu ministro das Relações Exteriores supostamente fez lobby junto aos países-membros para convidar a Síria a voltar, mas a decisão final foi adiada até a próxima reunião na Tunísia. 

    Tags:
    Liga Árabe, Conselho de Segurança da ONU, Sameh Shoukry, Tunísia, Líbano, Genebra, Egito, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar