20:13 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Caça F-15 da Força Aérea de Israel na base aérea de Ovda durante exercícios (foto de arquivo)

    Mídia síria denuncia uso do espaço aéreo do Líbano para ataques contra Damasco

    © AP Photo / Ariel Schalit
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11418

    Os veículos de imprensa estatais da Síria estão denunciando o uso do espaço aéreo do Líbano para realizar ataques contra a província de Damasco.

    Mais cedo o canal de televisão Ikhbariya reportou que a defesa aérea antiaérea da Síria repeliu, nesta terça-feira (25), um ataque com vários mísseis contra a província de Damasco.

    "O ataque inimigo foi levado a cabo desde o espaço aéreo libanês, foram derrubados vários objetivos inimigos", informou o canal de televisão estatal da Síria citando um correspondente como fonte. A agência de notícias SANA também reportou a situação.

    Violação do espaço aéreo do Líbano por Israel

    A agência de notícias libanesa NNA reportou que aviões da Força Aérea de Israel violaram durante a noite o espaço aéreo do sul do Líbano, realizando manobras de baixa altitude sobre Nabatiye e a também sobre a região de Al Tufa.

    As aeronaves também ingressaram no espaço aéreo sobre as cidades libanesas de Tiro e Sidon, vindos do Mar Mediterrâneo.

    Israel, no entanto, viola periodicamente as fronteiras aéreas, navais e terrestres do Líbano.

    O governo libanês reportou o fato diversas vezes no Conselho de Segurança da ONU, pedindo que medidas fossem tomadas a respetito do que considera violação de sua soberania.

    Mais:

    Analistas explicam como saída de Trump da Síria afeta Turquia, Israel e Rússia
    Antes da posse de Bolsonaro, Netanyahu se mete em polêmica e antecipa eleições em Israel
    Chanceler da Turquia acusa primeiro-ministro de Israel de querer dividir a Síria
    Forças de Israel abrem fogo contra 'suspeitos armados' na fronteira com a Síria
    Tags:
    violação de espaço aéreo, Guerra da Síria, SANA, NNA, Al-Ikhbariya, Nabatiye, Al Tufa, Sidon, Tiro, Síria, Israel, Líbano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar