15:56 21 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Ministro de Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu

    Chanceler da Turquia acusa primeiro-ministro de Israel de querer dividir a Síria

    © AFP 2019 / ADEM ALTAN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11124

    Segundo o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, estaria tentando provocar um desmembramento da Síria e para isso utilizaria o fator curdo.

    Além disso, Mevlut Cavusoglu afirmou ao canal de televisão NTV que ultimamente Netanyahu tem estado muito preocupado, porque tinha intenção de dividir a Síria com ajuda dos terroristas, mas agora ele viu que seus planos não devem dar certo. Por isso, ele resolveu denegrir a imagem do presidente turco.

    O ministro ressalta que Netanyahu simpatiza com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), proibido na Turquia. Outro fator que provavelmente contribuiu para elevar a tensão no conflito palestino-israelense foi o fato de Netanyahu ter diminuído as conversas com o presidente turco, Tayyip Erdogan.

    Em um comício realizado recentemente em Istambul, Erdogan declarou que Netanyahu "semeia o mal, praticando o terror de Estado" e apelou para Israel responder por seus "crimes contra a humanidade, derramamento de sangue e destruição".

    Netanyahu, por sua vez, considerou Erdogan como "ditador antissemita", que está "obcecado com Israel", e acrescentou que o exército turco "mata mulheres e crianças nas povoações curdas".

    Vale ressaltar que Mevlut Cavusoglu declarou recentemente que o chefe do governo israelense é um "assassino a sangue frio dos tempos modernos, responsável pelo massacre de milhares de palestinos inocentes".

    Mais:

    Turquia não vai desistir do contrato da S-400 após oferta de mísseis Patriots por Trump
    Turquia decide adiar operação militar na Síria
    Turquia propôs aos EUA para examinarem sistemas russos S-400, diz mídia
    Israel continuará combate contra Irã na Síria em meio a saída dos EUA, diz Netanyahu
    Tags:
    curdos, divisão, Estado Islâmico, terroristas, Mevlut Cavusoglu, Recep Tayyip Erdogan, Benjamin Netanyahu, Israel, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar