21:47 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Um cargueiro da Maersk.

    Com tripulação da China e bandeira do Panamá, navio é apreendido em Madagascar

    Ingo Wagner / DPA
    Oriente Médio e África
    URL curta
    457
    Nos siga no

    Madagascar afirmou nesta quarta-feria (19) que capturou um navio em suas águas com bandeira panamenha e tripulação chinesa, e afirmou que a embarcação estava sendo utilizada para "saquear" seus recursos naturais.

    O primeiro-ministro, Cristian Ntsay, disse em uma coletiva de imprensa na capital do país, Antananarivo, que o avio havia entrado as águas territoriais de Madagascar entre dois e quatro meses antes de ser capturado.

    Ele acrescentou que algumas medidas foram tomadas para evitar que pudessem acessar ilegalmente as águas da ilha do oceano Índico, porém os esforços foram infrutíferos.

    Ntsay demonstrou indignação com o caso e disse que: "[o navio] "havia participado do tráfico de nossos recursos naturais […]. Isso é inaceitável". As informações são da agência Reuters.

    Mais:

    Marinha dos EUA pode mover caçadores de submarinos para rastrear Rússia e China no Alasca
    EUA deveriam se preocupar com caças convencionais da China, alerta mídia
    Bolsonaro quer mais EUA e menos China, mas realidade tende a se impor, diz analista
    Como guerra comercial entre China e EUA afetará países do Mercosul?
    Tags:
    tensão diplomática, navegação ilegal, Cristian Ntsay, Antananarivo, Madagascar, Panamá, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar