00:33 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Militantes rebeldes da oposição síria

    Oposição síria: tropas estrangeiras devem deixar o país

    © REUTERS / Ammar Abdullah
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4122

    Todas as forças estrangeiras devem deixar o território da Síria após a resolução do conflito, disse à Sputnik um membro da delegação da Comissão de Negociação Síria, Hadi Bahra.

    "Acredito que a Síria deve finalmente se libertar da presença de tropas estrangeiras. Acho que isso só será possível depois que alcançarmos uma solução política justa para o conflito na Síria e cumprirmos com a resolução 2254 do Conselho de Segurança da ONU", disse Al Bahra.

    Desde março de 2011, o país árabe vive um conflito armado no qual as tropas do governo são confrontadas por grupos armados de oposição e organizações terroristas.

    Os EUA, liderando a coalizão internacional antiterrorista, vêm lançando ataques aéreos contra a Síria desde 2014, sem o consentimento das autoridades de Damasco.

    Por outro lado, a Rússia realiza uma ofensiva aérea desde setembro de 2015, a pedido do presidente sírio, Bashar Assad, para impedir o avanço dos terroristas.

    Em 6 de dezembro de 2017, o Estado-Maior russo anunciou a liberação completa de todos os territórios anteriormente controlados por terroristas do Daesh. No entanto, algumas células jihadistas ainda realizam ataques em algumas partes do país.

    Mais:

    Ataque aéreo da coalizão internacional mata 8 civis na Síria, informa mídia
    Estado-Maior russo aponta número de terroristas eliminados na Síria em 2018
    Presença ilegal dos EUA na Síria visa desmembrar soberania do país, diz chancelaria russa
    General: Ativação do sistema S-400 russo na Síria aumenta a ameaça para as tropas dos EUA
    Resistência da Síria e Coreia do Norte pode mudar equilíbrio de poder no mundo, diz Assad
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik