03:15 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Caça F-15 da Força Aérea de Israel na base aérea de Ovda durante exercícios (foto de arquivo)

    Israel recebe mais aviões F-35 dos EUA ampliando frota de caças furtivos

    © AP Photo / Ariel Schalit
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9143

    A Força Aérea de Israel recebeu mais dois caças furtivos F-35I "Adir" no domingo passado (25), aumentando o número destes aviões à sua disposição para 14, informou o jornal The Jerusalem Post.

    Israel recebeu seus primeiros caças F-35 dos Estados Unidos em dezembro de 2016. Os aviões foram declarados operacionais um ano mais tarde, com Israel se tornando o único país no Oriente Médio a dispor caças F-35 prontos para operações, segundo o jornal.

    Em meados de novembro, no país decorreu a segunda conferência anual da Força Aérea dos EUA dedicada ao caça F-35 (Users Working Group Conference) que contou com a participação dos países que dispõem destas aeronaves, incluindo o Reino Unido e a Holanda.

    Israel é considerado um dos principais países a implantar os F-35 operacionalmente. Ainda por cima, Israel é a única nação além dos EUA cujos engenheiros são autorizados a operar o Sistema Autônomo de Informações de Logística (ALIS) da aeronave e adicionar seu próprio software, o que explica a especial designação "I" no nome do avião.

    De acordo com relatos, a Força Aérea de Israel está considerando adquirir 15 F-35 adicionais para formar o terceiro esquadrão furtivo e aumentar o número destes aparelhos para 75 em vez de 50.

    Segundo o The Jerusalem Post, Israel tem um contrato com os EUA de cerca de 11 bilhões de dólares prevendo a compra de uma frota de caças F-15 IA, helicópteros de transporte Chinook, aeronaves militares multifunção V-22 e aeronaves militares de reabastecimento aéreo KC-46.

    Mais:

    35 caças americanos F-35 realizam exercício de decolagem simultânea (FOTO, VÍDEO)
    Relatório do Pentágono pode pôr em risco compras turcas de caças F-35
    Tags:
    tecnologia furtiva, caças, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik