23:23 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Ataque da coalizão liderada pelos EUA na Síria (arquivo)

    Imprensa: aviação da coalizão dos EUA ataca cidade síria com uso de fósforo branco

    © AP Photo / Maya Alleruzzo
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6221

    A agência estatal SANA, citando fontes locais, comunicou nesta segunda-feira (29) que a coalizão liderada pelos EUA atacou a cidade síria de Hajin com utilização de fósforo branco, proibido pelas convenções internacionais.

    "A coalizão internacional efetuou ataques contra a cidade de Hajin, no sudeste da província de Deir ez-Zor, utilizando fósforo branco", lê-se na comunicação da agência.

    A coalizão já tinha efetuando um ataque com utilização de substancias similares no dia 13 de outubro. As autoridades sírias apelaram à ONU para que tomasse medidas em relação aos culpados e para que acabasse com a presença ilegal da coalizão no território do país. O Pentágono tinha afirmado então que a coalizão dos EUA não divulga informações sobre as munições que está usando na Síria, mas frisou que elas correspondem às normas internacionais.

    Ontem (28), a agência escreveu que a coalizão tinha atacado o povoado de Al-Sousse na província de Deir ez-Zor, resultando o ataque em cinco mortos. Mais cedo, a SANA informou que 62 civis foram mortos em resultado de um ataque da coalizão aos povoados de Al-Sousse e Al-Bubadran, na mesma província.

    Desde 2014, os EUA e seus aliados estão levando a cabo uma operação na Síria e no Iraque contra a organização Daesh (proibida na Rússia e em vários outros países), entretanto no território sírio as forças da coalizão estão operando sem permissão de Damasco.

    Tags:
    fósforo branco, ataque, Deir ez-Zor, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik