12:07 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Refugiados sírios no Líbano (arquivo)

    Líbano pede ajuda internacional para encorajar refugiados a retornarem à Síria

    ACNURS_Malkawi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 60

    O presidente do Líbano, Michel Aoun, pediu ajuda da comunidade internacional para convencer os refugiados sírios que estão em seu país a retornarem para a Síria, segundo informou a mídia local nesta sexta-feira.

    "A grande maioria dos sírios desalojados deixou suas áreas à força por causa dos combates que estavam acontecendo… E, obviamente, com a cessação dos confrontos militares, eles podem retornar à sua pátria", disse Aoun em uma reunião com autoridades francesas em Beirute, conforme citado pela Agência Nacional de Notícias do Líbano (NNA).

    O líder libanês destacou que aqueles refugiados sírios que já retornaram ao seu país não relataram nenhum caso de abuso contra eles. De acordo com ele, Beirute estava apenas aguardando que a situação política no país vizinho melhorasse para enviar os refugiados de volta. 

    O Líbano, cuja população é de pouco mais de seis milhões de pessoas, recebeu cerca de um milhão de refugiados sírios ao longo do conflito no país vizinho, segundo várias estimativas. Beirute tem trabalhado com Moscou e Damasco para facilitar o retorno dos refugiados sírios à sua terra natal.

    Mais:

    Pelo menos 1 morto e 8 feridos após tumultos em campo de refugiados na Grécia
    EUA reduzem número de admissão de refugiados para 30.000
    Brasileiros expulsam refugiados venezuelanos na fronteira de Roraima (VÍDEO)
    Merkel vê avanço na situação da Síria e Putin pede apoio a refugiados que retornam ao país
    Tags:
    refugiados, Michel Aoun, Damasco, Moscou, Beirute, Síria, Líbano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik