15:39 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Soldado do Exército do Líbano em Tripoli, em 27 de outubro de 2014

    Israel procura nova razão para agressão contra Líbano, avisa chanceler libanês

    © REUTERS / Mohamed Azakir
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10171

    Ministro das Relações Exteriores do Líbano, Gibran Basile, avisou durante uma coletiva de imprensa que seu país é forte o suficiente para repelir uma agressão proveniente do Estado israelense.

    "O Líbano está bastante protegido e é suficientemente forte para se defender de uma agressão. O importante para nós é viver em paz e proteger o Líbano. Estamos cientes da intenção hostil (de Israel) contra o Líbano", disse Basile.

    De acordo com o ministro, mais um pretexto para a agressão é a existência de armazéns com mísseis do grupo terrorista Hezbollah na área do aeroporto internacional de Beirute (capital do Líbano).

    "Israel está tentando justificar uma nova agressão contra o Líbano […] não respeita a legislação internacional, a soberania do Líbano", adicionando que o primeiro-ministro israelense, Benjamim Netanyahu, "usou a tribuna da ONU para justificar violações do direito internacional por Israel".

    Anteriormente, o chanceler russo Sergei Lavrov havia advertido Israel sobre ataques militares contra o território libanês.

    Mais:

    Mais de 100 pessoas retornam para a Síria do Líbano
    Israel está determinado a impedir transformação da Síria em 'novo Líbano', diz politólogo
    Líbano: Hezbollah e Irã não se retirarão da Síria enquanto nela houver terroristas
    Líbano mostra disposição para negociar demarcação de fronteira com Israel
    Tags:
    violação, internacional, legislação, hostilidade, resistência, motivos, agressão militar, Beirute, Israel, Líbano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik