16:38 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Sírios evacuados das vilas sob o controle dos terroristas perto de Idlib, Aleppo, Síria, 19 de dezembro de 2016

    Mais de 300 pessoas deixaram zona segura de Idlib nas últimas 24 horas

    © AFP 2018 / GEORGE OURFALIAN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    180

    Mais de 300 pessoas deixaram a zona de desescalada de Idlib, na Síria, através do corredor humanitário nas últimas 24 horas, informou o Centro de Recepção, Distribuição e Assentamento de Refugiados do ministério da Defesa da Rússia em um comunicado.

    "No total, 301 refugiados (112 mulheres e 141 crianças), 10 veículos e 100 cabeças de gado passaram pelo posto fronteiriço Abu al-Duhur para a província de Aleppo a partir da zona de desescalada de Idlib", informou o comunicado.

    O comunicado destacou que 175 sírios, incluindo 81 crianças, receberam atendimento médico necessário.

    Anteriormente, o presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan acordaram criar até 15 de outubro uma zona desmilitarizada ao longo da linha de contato entre a oposição armada e as forças governamentais sírias na província de Idlib, enquanto os ministros da Defesa dos dois países assinaram um memorando sobre a estabilização da situação na zona de desescalada de Idlib.


    Mais:

    Rússia inicia entrega de sistemas S-300 à Síria
    Rússia e França examinam situação de Síria, Líbia e Iêmen
    Jordânia estuda reabrir sua fronteira com a Síria
    Fonte: EUA constroem nova base na fronteira entre Síria e Iraque
    General sírio aposentado: Força Aérea da Síria terá muitas melhorias além dos S-300
    Rússia alerta Ocidente contra novos ataques à Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik