22:28 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Esta foto de arquivo de 24 de maio de 2017 mostra a parede recém-construída perto do portão da fronteira Cilvegozu em Reyhanli, na fronteira Turquia-Síria

    Mídia: Turquia detém suspeito-chave por trás dos atentados de Reyhanli em 2013

    © AP Photo / Burhan Ozbilici, File
    Oriente Médio e África
    URL curta
    220

    A Organização Nacional de Inteligência da Turquia deteve um importante suspeito por trás dos atentados a bomba de 2013 na cidade fronteiriça turca de Reyhanli, informou a agência de notícias Anadolu na quarta-feira.

    Os atentados de 2013 mataram mais de 50 pessoas, enquanto mais de 150 ficaram feridas, de acordo com relatos da mídia. Ancara atribuiu a culpa pelo ataque a Damasco, mas a Síria refutou as alegações.

    Ancara conseguiu capturar o suspeito, cidadão turco de 34 anos, Yusuf Nazik, na cidade portuária síria de Latakia. O detento alega que ele estava agindo sob as ordens da inteligência síria, segundo a imprensa local.

    O suspeito forneceu ao serviço de inteligência turco informações sobre Mihrac Ural, outro suspeito nos atentados, que está sendo procurado pela Interpol, segundo a mídia. Em fevereiro, a corte turca condenou nove dos 33 suspeitos à prisão perpétua, enquanto 13 outros receberam sentenças de 10 a 15 anos.

    Tags:
    Interpol, Yusuf Nazik, Mihrac Ural, Síria, Latakia, Ancara
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik