10:49 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Polícia fronteiriça afegã em guarda perto da passagem de Torkham entre Afeganistão e Paquistão, na província de Nangarhar, em 12 de maio de 2016

    Homem-bomba se explode no meio de multidão de manifestantes no Afeganistão (FOTO)

    © AFP 2018 / NOORULLAH SHIRZADA
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 04

    A explosão ocorreu na província afegã de Nangarhar, causando ao menos 22 mortes e 23 feridos, de acordo com a Reuters.

    Segundo a Reuters, o atentado suicida foi realizado em uma multidão de manifestantes que pediam a renúncia do comandante da milícia local do distrito de Achin, uma área próxima à passagem para o Paquistão.

    Um membro do conselho provincial local, Sohrab Qaderi, declarou à agência de notícias que pelo menos 45 pessoas morreram ou ficaram feridas na explosão e foram levadas aos hospitais locais, adicionando que o número de vítimas pode subir.

    "Parem de matar shinwaris inocentes", diz um banner. A rodovia Torkham-Jalalabad foi fechada por manifestantes da área de Dakah. #Nangarhar, #Afeganistão ​

    Autoridades locais disseram que o ataque foi dirigido aos protestos contra um comandante da milícia local e disseram que centenas de pessoas estavam presentes quando a explosão ocorreu. 

    Nenhum grupo terrorista assumiu a responsabilidade pelo ataque ainda.

    A província tem sido uma das principais fortalezas dos combatentes do Daesh desde o início de 2015.

    Mais:

    Rússia espera trazer o Talibã para negociações sobre o Afeganistão
    Atentado suicida mata ao menos 7 e fere 25 no Afeganistão
    Mais um soldado norte-americano morre no Afeganistão
    Reino Unido: Daesh no Afeganistão ameaça Europa
    Tags:
    feridos, mortes, manifestantes, ataque suicida, atentado, ataque, homem-bomba, Paquistão, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik