07:29 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Moço brinca com um automóvel abandonado em um dos orfanatos em Sanna, no Iêmen

    ONU mediará diálogos por paz no Iêmen pela primeira vez desde 2016

    © REUTERS / Khaled Abdullah
    Oriente Médio e África
    URL curta
    210

    A Organização das Nações Unidas (ONU) vai sediar conversações de paz entre o governo do Iêmen apoiado pelos sauditas e os rebeldes apoiados pelo Irã. É o primeiro diálogo entre os dois grupos desde 2016.

    A ONU classifica o conflito no Iêmen como a pior crise humanitária do mundo. 

    As negociações acontecerão em Genebra e marcam uma esperança do fim da guerra civil que começou em março de 2015. A Arábia Saudita apoia o atual presidente Abed Rabbo Mansour Hadi com bombardeios e também conta com apoio logístico dos Estados Unidos em sua operação militar. 

    O Brasil também está envolvido no conflito. A indústria bélica nacional vende milhões em armas para os sauditas. 

    O Programa Mundial de Alimentos da ONU diz que cerca de 18 milhões de pessoas, ou dois terços da população do Iêmen, não sabem de onde virá sua próxima refeição e 8 milhões estão "precariamente próximos" da fome.

    Mais:

    Presidente do Iêmen viaja às pressas para os EUA para tratamento médico de emergência
    Senador pede que Estados Unidos parem de apoiar a guerra conduzida pelos sauditas no Iêmen
    Arábia Saudita intercepta míssil disparado por rebeldes do Iêmen
    Militares do Iêmen pedem maior participação da Rússia no conflito do país
    Pedaços de bomba dos EUA são encontrados no local de ataque a ônibus no Iêmen (FOTOS)
    Tags:
    Organização das Nações Unidas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik