13:05 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Navio de guerra iraniano Alborz no Estreito de Ormuz

    Guarda Revolucionária: Irã tem pleno controle do golfo Pérsico e estreito de Ormuz

    © AP Photo / Fars News Agency, Mahdi Marizad
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8180

    O Irã está controlando plenamente o golfo Pérsico e estreito de Ormuz, de acordo com contra-almirante Alireza Tangsiri, chefe da Marinha da Guarda Revolucionária Islâmica.

    Oficiais iranianos ameaçaram bloquear o estreito de Ormuz, cortando a rota principal de transporte de petróleo para retaliar quaisquer ações inimigas dos EUA.

    A agência de notícias iraniana Tasnim, citando o contra-almirante, escreveu que Irã é capaz de garantir a segurança do golfo Pérsico e não há necessidade de presença de estrangeiros, tais como os EUA e países que não são da região.

    Em julho, o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica realizou exercícios militares de grande escala no golfo Pérsico, como parte dos treinamentos anuais, e declarou estar prontos para impedir que embarcações de petróleo de outros países passarem pelo estreito se a exportações iranianas fossem interrompidas.

    No mesmo mês, o assessor do líder supremo iraniano para Assuntos Internacionais, Ali Akbar Velayati, disse em Moscou que se o Irã não pudesse exportar seu petróleo pelo estreito, nenhum outro Estado do Oriente Médio seria capaz de fazê-lo.

    Caso os EUA e seus aliados impeçam as exportações de petróleo iraniano, as Forças Armadas iranianas defenderão os interesses do país, avisou o brigadeiro-general Kiomars Heidari, comandante das Forças Terrestres do Exército iraniano.

    O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, por sua vez, declarou que os EUA estão prontos para garantir o abastecimento interrompido de petróleo pelo estreito de Ormuz apesar das ameaças do Irã.

    Em junho, o Departamento de Estado americano incentivou que companhias petrolíferas cessem a exportação de petróleo do Irã até novembro para evitar sanções americanas.

    Em maio, o presidente Donald Trump declarou saída dos EUA do acordo nuclear com o Irã que estipulava garantia iraniana da natureza pacífica de seu programa nuclear em troca do cancelamento gradual das sanções contra o país.

    Mais:

    Ministro do Irã critica os EUA e promete ajudar Assad a reconstruir a Síria
    Irã diz que alguns membros da Opep trabalham para atender aos interesses dos EUA
    Novas sanções dos EUA contra Irã dão pouco espaço a concessões
    Tags:
    ameaça, petróleo, sanções, Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã, Golfo Pérsico, Estreito de Ormuz, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik