23:16 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Militantes rebeldes da oposição síria

    General sírio: Idlib abriga maior número de terroristas do mundo

    © REUTERS / Ammar Abdullah
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9190

    O exército sírio continua sua ofensiva contra o último bastião dos terroristas na província de As-Suwayda. Porém, a operação em questão não impede que as tropas se preparem para a futura batalha contra os militantes em Idlib, contou à Sputnik um especialista militar sírio.

    O analista de estratégia militar sírio, general Rada Ahmed Shariqi, comentou para a Sputnik Árabe a situação atual na província de Idlib, sublinhando que a região continua sendo uma prioridade.

    "Idlib representa uma prioridade, pois no momento lá está concentrado o maior número de terroristas do mundo. As forças externas que estão apoiando os militantes tentarão salvá-los do seu fim inevitável.Tenho a certeza que a batalha decisiva terá lugar e que o exército [sírio] vencerá", comentou Shariqi, sublinhando que esta operação marcará o fim da guerra no país.

    Uma fonte militar síria também comunicou à Sputnik que aviões e helicópteros sírios estão realizando um ataque em massa contra militantes no sul da província de Idlib e no norte da província de Hama.

    Em particular, foram atacados comboios de terroristas do grupo Frente al-Nusra (proibido na Rússia) que se dirigiam à cidade de Al-Tamanah, no norte de Hama. Segundo a fonte, os ataques aéreos resultaram na eliminação de vários veículos com terroristas e suas fortificações.

    O interlocutor da Sputnik Árabe sublinhou que as posições do Exército Sírio na linha de contato com os militantes no sudeste de Idlib estão bem fortificadas, com o exército do país frustrando movimentações de terroristas e atacando suas vias logísticas e posições.

    Mais:

    Turquia está prestes a realizar novas operações militares na Síria, diz Erdogan
    Forças russas derrubam 2 drones de terroristas na Síria
    Tags:
    militantes, terroristas, Frente al-Nusra, As-Suwayda, Idlib, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik