22:24 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Combatente rebelde dispara artilharia nos arredores da província de Idlib, na Síria

    Defesa russa: militantes seguem bombardeando zona de desescalada na Síria

    © AFP 2018 / OMAR HAJ KADOUR
    Oriente Médio e África
    URL curta
    608

    Militantes continuam realizando ataques contra assentamentos sírios na zona de desescalada de Idlib, segundo afirmou neste domingo o major-general Aleksei Tsygankov, chefe do Centro Russo de Reconciliação.

    "Apesar do regime de cessar-fogo estabelecido, bombardeios por parte de grupos armados ilegais operando na zona de desescalada de Idlib, na província de Latakia, e na cidade de Aleppo foram registrados nas últimas 24 horas", declarou o militar.

    De acordo com Tsygankov, 90 pessoas afetados por esses conflitos, incluindo 46 crianças, receberam assistência médica das Forças Armadas da Rússia na Síria. Ele pediu que todos os rebeldes envolvidos nas violações da trégua respeitem o cessar-fogo e contribuam para a pacificação nas áreas que não estão sob controle do governo sírio. 

    A Síria se encontra mergulhada em uma profunda guerra civil desde o início de 2011, com as forças leais ao presidente Bashar Assad tendo que combater diversos grupos armados de oposição, incluindo organizações terroristas como o Daesh e a Frente al-Nusra, proibidas na Rússia e em vários outros países. 

    Mais:

    EUA, Irã ou Turquia: quem ganhará batalha final pela Síria?
    Jornalista britânico diz ter descoberto canal de entrega de armas a combatentes na Síria
    Relatos: terroristas do Daesh executam refém na Síria
    Exército estadunidense tira lições da guerra eletrônica russa na Síria
    Tags:
    guerra, Frente al-Nusra, Daesh, Aleppo, Latakia, Rússia, Síria, Idlib
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik