03:43 14 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira turca sobre a embaixada da Turquia em Moscou, Rússia, abril de 2016

    Turquia protesta contra sanções dos EUA aplicadas aos seus ministros

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6112

    A Turquia fez um forte protesto contra a decisão dos Estados Unidos de impor sanções a ministros turcos, informou nesta quarta-feira o Ministério das Relações Exteriores do país.

    No início do dia, a Casa Branca anunciou que o Departamento do Tesouro dos EUA aprovou sanções contra os ministros da Justiça e do Interior da Turquia por seus papéis na prisão e detenção do pastor Andrew Brunson.

    "Nós protestamos decisivamente contra a decisão do Departamento do Tesouro dos EUA de impor sanções ao nosso país […] Nós pedimos à liderança dos EUA que reverta essa decisão equivocada", informou o ministério em um comunicado.

    A pasta também alertou que as sanções poderiam prejudicar gravemente as relações bilaterais, que seguem recheadas de tensão há meses.

    Já o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, garantiu que Ancara vai dar uma resposta adequada às sanções dos EUA aos ministros turcos.

    "Os Estados Unidos imporem sanções contra dois de nossos ministros não ficará sem resposta", escreveu Cavusoglu no Twitter.

    "Não seremos capazes de resolver nossos problemas, a menos que a administração americana perceba que suas tentativas de impor suas exigências ilegais por meio de tais métodos são fúteis", acrescentou.

    Mais:

    Erdogan adverte: EUA podem perder parceiro se não mudarem de atitude em relação à Turquia
    Erdogan pede que Turquia entre no BRICS
    Qual é a intenção da Turquia de se juntar ao BRICS? Analista explica
    Tags:
    pastor, relações bilaterais, sanções, Departamento do Tesouro dos EUA, Andrew Brunson, Estados Unidos, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik