13:49 20 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Drone norte-americano Predator.

    EUA confirmam terem drones assassinos em base africana

    © flickr.com/ KAZ Vorpal
    Oriente Médio e África
    URL curta
    438

    O Comando dos Estados Unidos para a África admitiu que começou a empregar drones letais na nação centro-africana do Níger no início deste ano.

    Samantha Reho, porta-voz do Comando da África, disse à Associated Press que a decisão foi tomada em coordenação com o governo do Níger para "melhorar nossa capacidade combinada de responder a ameaças e outras questões de segurança na região". Ela disse que aeronaves armadas de inteligência, vigilância e reconhecimento (ISR na sigla em inglês) começaram a voar no Níger no início de 2018.

    Os drones armados estão atualmente implantados na Base Aérea Níger 101, na capital do país, enquanto aguardam a conclusão da nova Base Aérea 201 fora de Agadez, no norte. A nova base custou US$ 110 milhões.

    Segundo o The New York Times, existem cerca de 800 militares dos Estados Unidos no Níger.

    O Sahel enfrenta ameaças extremistas, incluindo combatentes ligados à Al-Qaeda em Mali e Burkina Faso, combatentes afiliados do grupo Daesh no Níger, Mali e Nigéria e o Boko Haram, com sede na Nigéria.

    Mais:

    Irã fará com que EUA larguem sua 'dependência' perniciosa de sanções
    Alemanha afirma que tensões comerciais entre EUA e Europa estão diminuindo
    Papa aceita renúncia de cardeal dos EUA após denúncias de abuso sexual de menores
    Presidente do Equador já tem acordo com EUA sobre Assange, diz Rafael Correa
    EUA desenvolvem tecnologia para converter seus tanques em robôs de combate
    Palestina vai rejeitar EUA como mediador unilateral em negociações de paz no Oriente Médio
    Tags:
    Daesh, Boko Haram, Estados Unidos, Níger
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik