18:01 14 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    © Sputnik /

    Há pouco, o exército sírio libertou o povoado de Al-Naimah, situado a 2 km da cidade de Daraa. Muitos militantes concordaram em cooperar com as autoridades sírias e revelaram à Sputnik como seus chefes os haviam abandonado à medida que o exército sírio se aproximava.

    Os antigos terroristas asseguram que, a partir de agora, eles vão combater nas fileiras do Exército Árabe Sírio para se redimir da culpa perante a Pátria.

    O ex-militante Muhammed Ibrahim al Abbud disse à Sputnik Árabe que aderiu aos grupos armados terroristas após se demitir do exército sírio. De acordo com ele, foi traído e não sabia que havia tomado o lado dos inimigos do seu país. Agora, Muhammed afirma ter voltado para o caminho certo e diz estar feliz por seu povoado natal estar em segurança de novo após ser liberado dos terroristas.

    Os habitantes de Al-Naimah já estão regressando a suas casas. A administração local e o Crescente Vermelho Árabe Sírio (CVAS) fornecem água e ajuda humanitária ao local, foi restabelecida também a prestação de assistência médica. Ao mesmo tempo, a polícia militar russa e militares do exército sírio estão garantindo a ordem e a segurança.

    Mais:

    Ataques aéreos da coalizão internacional matam cerca de 30 civis na Síria
    'Equação com muitas incógnitas': especialista comenta ataques aéreos à Síria
    Exército de Israel admite ataque à Síria como 'retaliação' (VÍDEO)
    Rússia desmente rumores sobre vítimas entre militares russos na Síria
    Presidente do Irã acusa EUA e Israel de ajudarem terroristas na Síria
    Tags:
    exército sírio, militantes, terroristas, Guerra Civil Síria, Exército Árabe Sírio, Bashar Assad, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais vídeos