22:07 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados nigerianos exibem bandeira do Boko Haram apreendida na retomada da cidade de Damasak, em 18 de março de 2015

    Ataques de terroristas na Nigéria matam ao menos 31 pessoas

    © REUTERS / Emmanuel Braun
    Oriente Médio e África
    URL curta
    102
    Nos siga no

    Ao menos 31 pessoas morreram em resultado de um duplo ataque suicida e explosões de granadas-foguete no nordeste da Nigéria, comunicou neste domingo (17) a edição AFP, citando representantes oficiais locais.

    "Nesta noite houve dois ataques suicidas, bem como explosões de granadas-foguete, em Damboa que mataram 31 pessoas e deixaram muitos feridos", comunicou à AFP o líder da milícia local, Babakura Kolo.

    Segundo dados preliminares, os ataques foram levados a cabo por combatentes do grupo Boko Haram (proibido na Rússia e em vários outros países).

    O Boko Haram é um grupo islamista radical que busca impor a lei xaria no território do norte da Nigéria. Em 2015, a organização passou a ser aliada da organização terrorista Daesh (proibida na Rússia e em vários outros países). O Boko Haram está por trás da maioria dos atentados terroristas no país ao longo dos últimos anos.

    Desde 2009, além da Nigéria, militares de tais países como o Níger, Camarões e Chade estão envolvidos em operações militares de combate aos terroristas do Boko Haram.

    Somente no nordeste da Nigéria, segundo os dados do Banco Mundial, a atividade violenta do grupo contabilizou 20 mil mortes.

    Mais:

    Boko Haram liberta 13 prisioneiros na Nigéria
    Tropas nigerianas eliminaram 107 terroristas do Boko Haram em dois dias
    Tags:
    atentado terrorista, suicida, Boko Haram, Nigéria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar