06:29 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Pôster Talibã no Afeganistão

    Pentágono apoia trégua entre governo do Afeganistão e Talibã

    © REUTERS / Jim Hollander
    Oriente Médio e África
    URL curta
    321

    Ainda é cedo para confirmar o sucesso da trégua entre o governo do Afeganistão e o grupo terrorista Talibã, declarou o secretário de Defesa dos EUA, James Mattis.

    "Vamos esperar a evolução", disse Mattis durante uma coletiva de imprensa em Bruxelas, após reunião ministerial da OTAN.

    "O nível de confiança hoje em dia é suficiente para o presidente[do Afeganistão, Ashraf] Ghani poder anunciar um cessar-fogo no fim do Ramadã. Isso oferece uma oportunidade ao Talibã de cessar os combates e demonstra de forma clara o compromisso do governo Gani e da nossa aliança com a paz", acrescentou Mattis.

    "Se o Talibã aproveitar de forma completa a trégua, o interesse da população afegã será respeitado", concluiu o chefe do Pentágono.

    Na quinta-feira, o presidente de Ashraf Ghani anunciu a trégua com o Talibã, por ocasião do fim do mês sagrado muçulmano de Ramadã. O cessar-fogo entra em vigor no dia 11 e termina no dia 19 de junho.

    Segundo o presidente do Afeganistão, durante a trégua as forças de segurança do país não realizarão manobras ofensivas contra os membros do grupo Talibã, mas seguirão combatendo o Daesh e outras organizações terroristas.

    Mais:

    Afeganistão: ataque dos EUA contra o Talibã deixou ao menos 50 mortos
    Drones dos EUA bombardeiam alvos do Talibã no Afeganistão (VÍDEO)
    EUA classificam ameaças do Talibã em meio a negociações de paz como 'inaceitáveis'
    Após derrotas, presidente do Afeganistão convida Talibã para participar das eleições
    Tags:
    cessar-fogo, trégua, Pentágono, Talibã, Ashraf Ghani, James Mattis, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik