05:51 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Ministro da Defesa do Irã, Mahmoud Vaezi.

    Irã se diz preparado para fim do acordo nuclear com os EUA

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6221

    O Irã está preparado para uma possível decisão dos Estados Unidos pelo fim do Plano de Ação Conjunta Integral (JCPOA), disse o chefe de gabinete do presidente do Irã nesta sexta-feira (4).

    "Os planos foram feitos de tal forma que se os EUA saírem do JCPOA, o país [Irã] não seria muito afetado pelas conseqüências dessa medida", disse Mahmoud Vaezi, conforme citado pela agência de notícias Tasnim.

    Em 14 de julho de 2015, a União Europeia, China, Alemanha, França, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos — assinaram o JCPOA com Teerã. O acordo estipulou o levantamento gradual de sanções anti-iranianas em troca de Teerã reprimir seu programa nuclear e permitir inspeções para garantir que a natureza do programa seja pacífica.

    Antes da vitória na eleição presidencial dos EUA, Donald Trump repetidamente ameaçou suspender o acordo nuclear com o Irã. Em outubro, Trump disse que seu governo havia decidido não certificar que o Irã cumpriu todos os termos do acordo de 2015.

    Em janeiro, o líder norte-americano pediu ao Congresso e aos aliados da União Europeia que resolvessem "falhas" no acordo. Os Estados Unidos devem anunciar se vão estender as isenções de sanções dos EUA para o Irã em 12 de maio.

    Mais:

    Ex-embaixador dos EUA explica por que acusações de Netanyahu contra Irã vieram à tona
    Irã diz que não aceita renegociar acordo nuclear
    Defesa de Israel: Irã congela programa nuclear para tirar proveito máximo
    Conflito entre Israel e Irã pode causar 'pior guerra jamais vista no Oriente Médio'
    Tags:
    acordo nuclear, JCPOA, Mahmoud Vaezi, Donald Trump, Teerã, França, Rússia, União Europeia, Alemanha, China, EUA, Estados Unidos, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik