16:45 25 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8213
    Nos siga no

    Segundo informa a mídia, os funcionários do grupo da ONU responsável pela segurança na Síria foram atingidos por um tiroteio na cidade de Douma.

    O diretor-geral da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ), Ahmet Uzumcu, informou, citado pelo canal britânico Sky News, que na quarta-feira (18) a missão da ONU foi alvejada na cidade síria de Douma.

    Mais cedo, o chefe da OPAQ declarou que é pouco provável que os especialistas da organização, cuja segurança é garantida pela missão da ONU, consigam iniciar seu trabalho durante o dia, comunica a Reuters.

    A tensão na Síria tem aumentado significativamente nas últimas semanas por causa de um suposto ataque químico na cidade de Douma, localizada no subúrbio de Damasco, em Ghouta, no leste do país.

    A Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) iniciou sua investigação sobre o suposto ataque químico na cidade síria em meio a pedidos de resposta de alguns países ocidentais relativamente ao incidente.

    No entanto, na véspera da sua investigação, os EUA, o Reino Unido e a França realizaram ataques contra a Síria em resposta à suposta utilização de substâncias químicas em Ghouta.

    Mais:

    EUA se recusam a confirmar se possuem amostras que comprovam ataque químico em Douma
    Mídia: militares russos encontram em Douma armazém para produção de armas químicas
    Rússia: todas condições foram criadas para OPAQ investigar Douma
    'Provas irrefutáveis': Rússia garante ter provas que ataque químico em Douma foi forjado
    Tags:
    funcionários, ataque químico, fogo, investigação, ONU, Douma, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar