22:10 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Participantes de uma manifestação contra os ataques aéreos da coalizão internacional na Síria agitam bandeiras da República Árabe da Síria

    Síria afirma ter interceptado novos mísseis

    © AP Photo / Hassan Ammar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    60814

    A mídia estatal da Síria afirma que as defesas antiaéreas do país interceptaram novos mísseis nesta segunda-feira (16).

    De acordo com a agência de notícias SANA, os mísseis invadiram o espaço aéreo sírio e foram derrubados perto da província de Homs. Uma fonte militar ouvida pela Sputnik afirmou que cerca de 10 mísseis foram interceptados enquanto se aproximavam da base militar de Shayrat. Não há relatos de feridos ou de explosões. 

    A Síria classificou o episódio como "uma agressão".

    Ainda não foi feita a identificação de quem lançou o ataque. 

    O Pentágono afirmou que "não há atividade militar dos Estados Unidos naquela área neste momento". O porta-voz Eric Pahond afirmou que no momento não há mais informações. 

    Um militar de Israel ouvido pela agência Agence France-Presse disse que não tem informações sobre o incidente. 

    Na sexta-feira (13), uma coalizão formada por Estados Unidos, França e Reino Unido lançou mísseis contra a Síria em resposta a um possível ataque químico realizado pelo presidente da Síria, Bashar Assad. 

    Mais:

    Em protesto contra ataques na Síria, francês que vive no RJ renuncia à cidadania francesa
    Analista: sistemas S-300 russos na Síria impedirão Israel de agir contra Irã
    Opinião: 'Libertação de Ghouta Oriental impulsionou ataque ocidental na Síria'
    Rússia teria enviado à Síria navio de guerra com material bélico a bordo (FOTOS)
    Mídia: ataque americano à Síria estimulará Coreia do Norte a manter seu arsenal nuclear
    Tags:
    Pentágono, Bashar Assad, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik