14:19 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Militantes do opositor Exército Livre da Síria, apoiados pela Turquia, caminham em direção da cidade síria de Afrin, 17 de março de 2018

    Estados Unidos teriam aberto nova base militar em região síria rica em petróleo

    © REUTERS / Khalil Ashawi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    EUA e aliados efetuam ataque de mísseis contra Síria (90)
    28531

    Apesar de o presidente norte-americano, Donald Trump, ter prometido anteriormente que iria deixar a Síria muito em breve, os EUA instalaram uma facilidade militar em Deir ez-Zor, informa a agência de notícias Farsnews citando um site em árabe Orient.

    De acordo com a mídia, uma nova base militar dos EUA está localizada no campo de petróleo de al-Tanak controlado pela milícia curda, e as tropas norte-americanas instalaram mais equipamento nas linhas de defesa com o exército sírio — da cidade de Khasham no sudeste de Deir ez-Zor à cidade de Hosseinieh no noroeste da região.

    Além disso, a imprensa comunicou que a nova base já é a terceira, havendo outras instalações militares em Koniko e al-Amr.

    Antes, a Casa Branca reiterou o intuito de Donald Trump de retirar as forças norte-americanas da Síria o mais cedo possível, após uma nota do presidente francês, Emmanuel Macron, sobre convencimento do seu parceiro estadunidense de manter a presença no país abalado pela guerra.

    Em 14 de abril, os EUA, França e Reino Unido efetuaram uma série de ataques aéreos contra a Síria em retaliação ao alegado uso de armas químicas pelo governo sírio na cidade de Douma, horas antes do início da investigação prevista pela Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ).

    Tema:
    EUA e aliados efetuam ataque de mísseis contra Síria (90)

    Mais:

    'Ataques de mísseis à Síria são justificados e não têm a ver com remoção de Assad'
    Chancelaria francesa: objetivo na Síria foi atingido
    Putin se pronuncia sobre ataques dos EUA na Síria e apela a reunião extraordinária na ONU
    Tags:
    petróleo, base militar, curdos, Casa Branca, Donald Trump, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik