15:28 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Rebeldes Houthis armados no Iêmen

    Houthis iemenitas prometem lançar mísseis diariamente contra Arábia Saudita

    © REUTERS / Khaled Abdullah
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4100

    O chefe do Conselho Político Superior do Iêmen, Saleh al-Samad, e também líder do movimento Ansar Allah que detém o poder no país, prometeu à Arábia Saudita "um ano cheio de mísseis balísticos".

    Saleh al-Samad, que de fato é o presidente do Iêmen e líder do governo iemenita, não reconhecido pela comunidade internacional, fez essa declaração durante uma reunião dedicada ao 4º aniversário do início da guerra no país.

    "Esse ano será um ano cheio de mísseis balísticos. Os mísseis serão lançados todos os dias. A Arábia Saudita não conseguirá se salvar de nossos mísseis, independente do número de sistemas de defesa antimíssil que instalem", disse ele.

    No fim de março, a coalisão militar liderada por Riad, que está combatendo no Iêmen, declarou que interceptou sete mísseis lançados do Iêmen. Três deles foram disparados contra Riad. 

    Desde 2014, o Iêmen vem sofrendo com o conflito armado entre os rebeldes do movimento xiita Ansar Allah e as tropas do atual presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi.

    A coalisão árabe, liderada pela Arábia Saudita, presta apoio militar às forças governamentais, enquanto os houthis regularmente disparam mísseis contra o território saudita.

    Mais:

    Chanceler do Irã detona príncipe por crimes no Iêmen e papel de Riad no 11 de Setembro
    Ataque suicida no posto de controle militar no Iêmen deixa 11 mortos
    Arábia Saudita anuncia transferência de US$ 1,5 bilhão para o Iêmen
    Tags:
    conflito, míssil, Iêmen, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik