18:28 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da Síria em Damasco

    Síria declara que se reserva o direito de defender o país por qualquer meio

    © REUTERS / Omar Sanadiki
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7223

    Depois de sofrer um ataque na base aérea de Tifor (T-4), o Ministério das Relações Exteriores da Síria declarou nesta segunda-feira (9) que o governo usará todos os meios possíveis para proteger seu território e sua população.

    "A Síria afirma que não hesitará em exercer o direito de defender seu território, população e soberania por qualquer meio, de acordo com a Carta das Nações Unidas e do direito internacional", diz a diplomacia síria, citada pela agência de notícias SANA. 

    Dois caças F-15 da Força Aérea de Israel realizaram ataques com oito mísseis contra a base síria T-4, comunicou nesta segunda-feira (9) o Ministério da Defesa russo. 

    O Ministério da Defesa da Rússia informou também que dois caças F-15 da Força Aérea de Israel dispararam três mísseis contra a base, e outros cinco foram abatidos. Israel ainda não comentou o relatório do Ministério da Defesa da Rússia.

    Anteriormente, países ocidentais acusaram Damasco de supostamente ter realizado um ataque químico na cidade síria de Douma.

    Mais:

    Médicos de Douma desmentem ter atendido pacientes com sinais de envenenamento químico
    Exército sírio começa operação antiterrorista na cidade de Douma
    Tags:
    base, ataque, Ministério da Defesa (Rússia), Ghouta Oriental, Douma, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik